André Giusti - foto: Luana Lleras
voltar para o início do blog

A 1ª Biografia de José Saramago é lançada no Brasil.

Por Alexandre Pilati*   Já está à venda, ao menos pela internet, a 1ª biografia do escritor português José Saramago, de 87 anos. A expectativa pela edição brasileira é grande, uma vez que a obra já foi muito bem sucedida em Portugal, onde foi lançada em 21 de janeiro. A editora Leya, responsável pelo lançamento, [...]

Por Alexandre Pilati*

 

Já está à venda, ao menos pela internet, a 1ª biografia do escritor português José Saramago, de 87 anos. A expectativa pela edição brasileira é grande, uma vez que a obra já foi muito bem sucedida em Portugal, onde foi lançada em 21 de janeiro. A editora Leya, responsável pelo lançamento, apostou alto no sucesso do livro e preparou uma luxuosa 1ª edição com tiragem de 20 mil exemplares.

A redação de Saramago: uma biografia ficou a cargo do escritor português João Marques Lopes, que já escreveu outras biografias de grandes clássicos portugueses, como Fernando Pessoa e Eça de Queiróz.

O que se pode esperar dessa biografia de Saramago.

Nas 284 páginas do livro, o leitor vai encontrar não apenas fatos relativos à obra de José Saramago. Estão contempladas lá histórias pessoais e pouco conhecidas do grande público, como, por exemplo, o fato de que o primeiro emprego do autor português foi de serralheiro mecânico. A vida política de Saramago é também radiografada, destacando-se aí episódios como o do veto sofrido pelo livro O evangelho segundo Jesus Cristo, que concorria ao Prêmio Literário Europeu. Quando foi lançado em 1991, esse romance foi acusado pela Igreja Católica de desvirtuar os evangelhos canônicos, numa tentativa de promover censura à obra. Em resposta à ofensiva católica, Saramago promoveu, junto com o Governo Cavaco Silva, por intermédio da secretaria de cultura, contestações a todo tipo de censura a criações artísticas no mundo inteiro.

Outros relatos interessantes são aqueles em torno do primeiro romance que Saramago escreveu, aos 25 anos, em 1947, e que se chamava Terra do Pecado. Durante muito tempo, esse romance ficou esquecido e renegado pelo próprio autor, sendo reintegrado oficialmente à sua obra no final dos anos 90, com a reedição pela editora Caminho.

Um dos autores mais importantes da língua portuguesa

Saramago tem uma das mais exuberantes obras literárias em língua portuguesa do final do século XX. Respeitado entre os acadêmicos e verdadeiro best-seller internacional ele é um dos poucos autores que consegue manter uma marca de grande qualidade em quase tudo que produz.

Apesar de escrever cônicas, peças de teatro e poesia, foi com os seus 16 romances que ele ganhou notoriedade internacional e também a indicação para o Prêmio Nobel, que venceu em 1998. Seu romance mais recente publicado no Brasil é Caim, que relata a história do famoso personagem bíblico, irmão de Abel, mais uma vez, criando polêmica com a Igreja Católica ao enfocar os mais importantes acontecimentos do Velho Testamento.

Quem quiser saber mais sobre Saramago, suas polêmicas, sua obra e sua biografia pode acessar o site da Fundação Saramago, no endereço: www.josesaramago.org

Alexandre Pilati participa comigo na BandNews FM do bate-papo literário. Às 2ªs vai ao ar às 16h51. Nas terças, você confere às 11h31. BandNews FM 90,5 – Brasília.

Tags:

Gostou, compartilhe:

Comentários (2)

  1. Gianna -

    Parece que adivinhávamos a perda!

  2. Sócio -

    Conheci Saramago no Memorial do Convento em 1990, 91…por aí. Depois foi Jangada de Pedra, Ano da Morte de Ricardo dos Reis, e ah, HistóriA do Cerco de Lisboa. Meu pai o conheceu, pessoalmente, meu pai conheceu um Nobel!! E conversou com ele em um hotel de Lisboa!!! Tenho livros autografados. Mas tem um conto dele que se chama… O Conto da Ilha Desconhecida. Memorável.

Deixe o seu comentário!