André Giusti - foto: Luana Lleras
voltar para o início do blog

A balança

Hoje as mídias sociais demonstraram, mais uma vez, que podem realmente ser mais informativas que a mídia tradicional, mesmo a versão on line desta. Enquanto o site do principal jornal da capital do país sequer dizia que a cidade estava se acabando na versão moderna do dilúvio de Noé, as pessoas  postavam fotos de ônibus [...]

Hoje as mídias sociais demonstraram, mais uma vez, que podem realmente ser mais informativas que a mídia tradicional, mesmo a versão on line desta.
Enquanto o site do principal jornal da capital do país sequer dizia que a cidade estava se acabando na versão moderna do dilúvio de Noé, as pessoas  postavam fotos de ônibus praticamemnte submersos, exemplificando o inferno que foi voltar para a casa em Brasília, a mesma cidade cujos governantes se gabam de ter a maior qualidade de vida do país.
Mas é compreensível que a mídia tradicional veja a balança da rapidez, da agilidade e, especificamente no caso de hoje, também da credibilidade pender em seu desfavor.
Enquanto continua crescendo o número de membros de uma rede social como o Feici Búqui, permanece caindo a quantidade –  e a qualidade – de jornalistas nas grandes redações.

Tags:

Gostou, compartilhe:

Comentários (0)

Deixe o seu comentário!