André Giusti - foto: Luana Lleras
voltar para o início do blog

A selva dos motoboys

A cada entrega piora a conduta dos motoboys no trânsito em Brasília. Não há mais contramão para eles, calçada e ciclovia viraram pista e parar na faixa de pedestre, uma conquista da cidade, só se a pessoa já estiver atravessando na frente. Ultrapassar pela direita há tempos é procedimento padrão. A esquerda passará a mão [...]

Motoboy

A cada entrega piora a conduta dos motoboys no trânsito em Brasília.

Não há mais contramão para eles, calçada e ciclovia viraram pista e parar na faixa de pedestre, uma conquista da cidade, só se a pessoa já estiver atravessando na frente.

Ultrapassar pela direita há tempos é procedimento padrão.

A esquerda passará a mão na cabeça deles, alegando que os motoboys são explorados pelos aplicativos de entrega, como se exploração trabalhista concedesse passaporte para desrespeitar as leis do trânsito e, consequentemente, o direito dos outros.

A direita dará de ombros, desde que seu pedido seja entregue no tempo estimado.

E ninguém falará que é necessário educação no trânsito para esses rapazes, que na maioria esmagadora dos casos só parecem ter aprendido a se equilibrar na moto e colocá-la para andar como se quisessem voar.

Tags:

Gostou, compartilhe:

Comentários (0)

Deixe o seu comentário!