André Giusti - foto: Luana Lleras
voltar para o início do blog

Another brick in the wall

Não tive um professor que tenha me marcado profundamente. Na verdade, hoje os acho agentes (até inconscientes) de um sistema opressor, que te forma para trabalhar e produzir riqueza para que meia dúzia de três ou quatro se locupletem e deixem herança para seus descendentes. E, claro, para que você não incomode o poder vigente. [...]

The Wall

Não tive um professor que tenha me marcado profundamente.

Na verdade, hoje os acho agentes (até inconscientes) de um sistema opressor, que te forma para trabalhar e produzir riqueza para que meia dúzia de três ou quatro se locupletem e deixem herança para seus descendentes.

E, claro, para que você não incomode o poder vigente.

Um sistema que privilegia a área de exatas, em detrimento do pensamento crítico e do autoconhecimento.

Tanto é assim que sempre são considerados melhores alunos aqueles que se destacam nas matérias que exigem cálculo.

Pro bem e pro mal, no meu caso, o papel de mestre acabou ficando com a vida mesmo.

Tags:

Gostou, compartilhe:

Comentários (0)

Deixe o seu comentário!