André Giusti - foto: Luana Lleras
voltar para o início do blog

só vale a pena

Comentários (0)

Suco

A julgar pelas informações do rótulo dessa garrafa de suco de laranja, a indústria brasileira é fantástica, quiçá uma das melhores do mundo.

Embora não leve conservantes, a bebida tem validade até fevereiro do ano que vem, uma capacidade de conservação que, ao que me parece, nem a natureza, inventora da fruta, possui, já que uma laranja apodrece em uma semana se a deixarmos esquecida na cozinha.

Mas como sei que em sua quase totalidade o empresariado brasileiro é honrado, prima pela conduta ética, pela informação verdadeira e pelo respeito ao consumidor, abro a embalagem e bebo seguro de que estou engolindo suco puro, sem química.

E quando penso que o Estado brasileiro fiscaliza a indústria sempre com retidão, integridade, acuidade, eficiência e eficácia, e com firmeza totalmente incorruptível, aí que saboreio mesmo, com gosto, e vou dormir tranquilo feito um bebê inocente do mundo.

Comentários (0)

Este fim de semana tive a oportunidade de assistir a um espetáculo do grupo Os Tapetes Contadores de Histórias. Os cerca de 50 minutos de apresentação na Caixa Cultural, aqui em Brasília, acabaram sendo a melhor parte de um fim de semana bem divertido e movimentado com minhas pequenas.

O grupo existe há 16 anos, fazendo exatamente isso que o nome diz: contar histórias. Mas neste caso, esta arte milenar de encantar as crianças ( e também os adultos, pois eu ri à beça) é ungida de literatura, música e teatro. Os cenários são costurados em panos postos no chão do palco, à moda de tapetes. Está, portanto, explicado o nome.

Com talento acurado, Os Tapetes levam ao público histórias de autores do naipe de Luiz Câmara Cascudo, só para deixar como exemplo o que vi ontem.

A apresentação foi de graça, o que é sempre bom quando se tem que fazer programa com os filhos. Levando-se em conta a qualidade do espetáculo, o custo benefício fica bem interessante e torna o programa muito mais recomendável do que filmes como Festa no Céu, que é até “legalzinho”, mas que não acrescenta nada além da surrada moral do cinema estadunidense.

A temporada em Brasília terminou neste domingo, 9, e no site do grupo ( www.tapetescontadores.com.br ) não há informação sobre onde os tapetes serão estendidos agora.

Mas se esses tapetes passarem pela sua cidade, fica a dica: aconchegue neles os pés da sua imaginação.

Tapetes

 

 

Comentários (0)

Brasília, 209 norte

Brasília, 209 norte

Comentários (0)

Segundo o que está no site do Instituto Nacional de Câncer, Inca, este ano de 2014 haverá quase 70 mil novos casos de câncer de próstata no Brasil. Em 2011, pelos dados do Inca, morreram mais de 13 mil homens.

A melhor maneira de não virar estatística é se prevenir, e pelo o que os médicos falam, no caso da próstata evitar o câncer passa, a exemplo da doença em outros órgãos, pela mudança de vida: comida, cigarro, exercícios físicos, ou seja, nenhuma novidade.

Mas nesse caso específico, há um complicador por causa de uma série de tabus que envolvem o universo masculino, e que é o exame do toque.

Se  está reticente em fazer o exame, só há um caminho, caro amigo. É ver a situação como de fato ela é: um exame médico, apenas isso. Quem está ali te dando a famosa ” dedada ” não é  o quarto zagueiro contra quem você joga a pelada de quinta à noite, nem o encanador de dois metros que foi na tua casa e que parece mais um guarda roupa duplex.

Calma, relaxa, é só um profissional que faz isso todos os dias, cujo trabalho pode te salvar a vida.

Se mais tarde no botequim ficarem tirando onde com a tua cara, entre na pilha, diga que se apaixonou pelo médico e que vai querer fazer o exame toda semana.

Cuidar da próstata é a forma que temos que manter saudável a coisa que certamente mais prezamos: nossa vida sexual.

thunder

Comentários (0)

CABRIOLET – Poema inédito na minha página no feici búqui. Dá uma espiada.

https://www.facebook.com/andre.giusti.5?ref=hl

 

Comentários (0)

O poeta Thiago de Barros me pôs em sua bela página declamando meu POEMA APARENTEMENTE SUJO PARA ALMAS LAVADAS. Escuta só.

http://thiagodebarros.tumblr.com/post/101438646373/poema-aparentemente-sujo-para-almas-lavadas-andre

Comentários (0)

Não creio que pedir intervenção militar seja golpismo. Golpismo seria a concretização do desejo dessa ínfima minoria que, certamente, quando criança, virava o tabuleiro na hora em que pressentia que perderia no jogo de damas.

É legitimo pedir a volta de um dos períodos mais trevosos da história do país, ainda mais para quem não tem a mínima consciência da história recente do Brasil, nem nunca sequer ouviu falar que até mesmo crianças foram torturadas nos porões do obscurantismo.

As mentes das pessoas que saíram às ruas neste fim de semana são tão obtusas que pedem o fim de um regime que lhes garante justamente o direito de se manifestar a favor da truculência e da barbárie cometida pelo Estado.

É como disse brilhantemente o jornalista Fernando Molica: fazem passeata para pedir que não possa mais haver passeatas.

Mas enquanto o pedido dessas pessoas não é atendido (e nos mantenhamos vigilantes para que nunca seja), vamos vivendo numa democracia, na qual qualquer um tem o direito de pedir até a volta da ditadura, mas tem a obrigação de respeitar o que a maioria decidiu.

direita não

Comentários (0)

http://www1.folha.uol.com.br/poder/2014/11/1542047-ato-em-sao-paulo-pede-impeachment-de-dilma-e-intervencao-militar.shtml

Comentários (0)

Esposas (incluindo as ex), filhas, netas, mães, avós, namoradas, amantes, ficantes, rolos, casos, peguetes, amigas, colegas.

Enfim, qualquer uma de vocês, mulheres, que têm algum tipo de relação conosco.

O outubro rosa terminou, mas a vigília contra o câncer é o ano inteiro.

Apalpem-se, toquem-se, auto examinem-se, procurem o médico.

Não nos deixem sós!

Nós homens não sabemos viver sem vocês.

Por vocês, fazemos muitas besteiras.

Mas, sem vocês, fazemos mais ainda.

We love you! Forever!

Cadillac Rosa

 

Comentários (1)