André Giusti - foto: Luana Lleras
voltar para o início do blog

Está voltando a ficar difícil viver por aqui

O Beirute, um dos mais tradicionais restaurantes de Brasília, está fazendo 50 anos. O local já serviu de alcova para intelectuais que pensaram um país melhor, quando isso dava pau de arara, choque elétrico, desaparecimento e morte. Naquelas mesas sentou-se gente como Renato Russo, à época um simples e desconhecido professor de inglês. Para comemorar [...]

professorkibersitherc.blogs.sapo.pt

professorkibersitherc.blogs.sapo.pt

O Beirute, um dos mais tradicionais restaurantes de Brasília, está fazendo 50 anos.

O local já serviu de alcova para intelectuais que pensaram um país melhor, quando isso dava pau de arara, choque elétrico, desaparecimento e morte.

Naquelas mesas sentou-se gente como Renato Russo, à época um simples e desconhecido professor de inglês.

Para comemorar o meio século de boa comida, cerveja gelada e esse eterno ar de resistência cultural e política, foi organizado um sarau com doze poetas que vivem na cidade.

Tive a honra de ser um dos escolhidos.

Quem conhece o Beirute sabe que não é pouca coisa participar de um evento como este, num dos redutos da inteligentzia da capital do país.

Entusiasmado, escolhi com carinho dois poemas para me apresentar agora em abril, lá pelo dia dez ou 12.

Ontem a promotora do evento me mandou uma mensagem, bem chateada, avisando que o sarau foi cancelado, sem outra data para ocorrer.

Na explicação, uma capacidade admirável de síntese, não apenas textual, mas do atual cenário nacional: não há clima para o evento, estamos com medo de uma possível confusão.

É esse o espírito atual do país que busca uma nova era.

Está ficando difícil viver por aqui.

Ou melhor: está voltando a ficar.

Tags:

Gostou, compartilhe:

Comentários (2)

  1. Sergio -

    Não posso dizer que já vi esse filme antes porque em 1964 eu ainda nao estava por aqui. Mas, cruzandos os fatos históricos com a situação atual, não temos como ignorar as semelhanças. Desejo muito que a poesia volte a ocupar o lugar do medo. Saudades de vc e do Beirute. Abs.

  2. Sergio -

    Não posso dizer que já vi esse filme antes porque em 1964 eu ainda nao estava por aqui. Mas, cruzandos os fatos históricos

Deixe o seu comentário!