André Giusti - foto: Luana Lleras
voltar para o início do blog

Os 40 anos do Joelma e a lucidez em falta de Armando Nogueira

Nesta segunda-feira, 14, o telejornal  DFTV, da TV Globo, exibiu imagens gravadas por circuito interno que captaram, passo a passo, o assassinato de um funcionário de uma casa lotérica. Ele chegou para abrir a loja e foi rendido por dois homens que queriam assaltar a loja. Algo deu errado e o funcionário não conseguiu abrir [...]

Nesta segunda-feira, 14, o telejornal  DFTV, da TV Globo, exibiu imagens gravadas por circuito interno que captaram, passo a passo, o assassinato de um funcionário de uma casa lotérica. Ele chegou para abrir a loja e foi rendido por dois homens que queriam assaltar a loja. Algo deu errado e o funcionário não conseguiu abrir a porta. Como castigo, recebeu vários chutes e ponta pés. A ação termina com um tiro na cabeça do rapaz de 27 anos, casado e pai de dois filhos.

Tão atroz como a ação dos bandidos foi a exibição das imagens em pleno horário de almoço. Pelo que me pareceu, não tiveram cortes nem receberam o tratamento técnico que as distorce com o objetivo de amenizar seu impacto. Ficaram no ar, pelo que pude calcular, quase dois minutos, tempo bastante extenso em TV.

Coincidentemente, o Brasil Post publicou nas últimas horas artigo meu falando sobre esse tipo de cobertura do telejornalismo.

É claro que a informação deve ser levada ao público, mas penso que os editores de TV precisam parar e pensar no que estão fazendo com o estômago de quem assiste aos telejornais.

http://www.brasilpost.com.br/andre-giusti/os-40-anos-do-joelma_b_5120625.html

Tags:

Gostou, compartilhe:

Comentários (0)

Deixe o seu comentário!