André Giusti - foto: Luana Lleras
voltar para o início do blog

Reveillon

Antes que saíssem de casa para a festa, a menina perguntou ao pai, a voz quase engolida pelo espanto: – Quer dizer que a gente vai sair agora de casa e só vamos voltar no ano que vem? E como a resposta afirmativa a deixasse ainda mais abismada, arregalou uns olhos tão imensos quanto azuis, [...]

Antes que saíssem de casa para a festa, a menina perguntou ao pai, a voz quase engolida pelo espanto:

- Quer dizer que a gente vai sair agora de casa e só vamos voltar no ano que vem?

E como a resposta afirmativa a deixasse ainda mais abismada, arregalou uns olhos tão imensos quanto azuis, nos quais os mais atentos notariam que brotava o fascínio pelo misterioso e inevitável passar do tempo.

Tags:

Gostou, compartilhe:

Comentário (1)

  1. Denise -

    Me lembro que quando era criança o tempo custava muito a passar, o Natal e o meu anivérsário demoravam demais e ao contrário, hoje quando vejo o ano já rodou e estou completando mais um ano e lógico ficando mais velha. Que possamos aproveitá-lo o melhor possível no sentido de tornarmos pessoas melhores.

Deixe o seu comentário!