André Giusti - foto: Luana Lleras
voltar para o início do blog

Brasil passado a limpo (pero no mucho)

Comprei uma camiseta infantil pela internet nas Lojas Americanas. Custou R$ 36. Paguei de frete para Brasília cerca de R$ 18. Buscando na rede, dei com outra camiseta: R$ 44, à venda no site Elo7, do qual nunca ouvi falar. Resolvi pedir. Na hora de fechar o pedido, o susto: R$ 58 de frete, para [...]

FB_IMG_1546017685166

Comprei uma camiseta infantil pela internet nas Lojas Americanas.

Custou R$ 36. Paguei de frete para Brasília cerca de R$ 18.

Buscando na rede, dei com outra camiseta: R$ 44, à venda no site Elo7, do qual nunca ouvi falar.

Resolvi pedir.

Na hora de fechar o pedido, o susto: R$ 58 de frete, para o mesmo endereço e na mesma modalidade de entrega do pedido anterior.

Aí percebi que a mercadoria estava em promoção, custando mais ou menos a metade do preço.

Só que esse “desconto” vai embora do bolso do consumidor no preço do frete.

E como o frete é pago por quem vende com o dinheiro da venda ao consumidor, porque o dinheiro não vai direto para os Correios, para mim ficou claro: a diferença, ou boa parte dela, do “ desconto” volta para as mãos do site.

Cancelei a compra, reclamei e recebi como resposta a desfaçatez do vendedor de que os tais R$ 58 são o valor cobrado pelos Correios.

Por que nas Lojas Americanas então o frete custa R$ 40 mais barato?

Uma armadilha para o cliente, picaretagem no linguajar comum.

Não corri atrás para saber quem é ou quem são os donos do site, mas não duvido de que seja ou sejam um desses que bradam por um ‘país passado a limpo, livre da corrupção’.
*
Acesse http://www.andregiusti.com.br/site/

Tags:

Gostou, compartilhe:

Comentários (0)

Deixe o seu comentário!