André Giusti - foto: Luana Lleras
voltar para o início do blog

Burocroparasita

Tenho três multas de trânsito para pagar. Duas foram aplicadas pelo Detran do Distrito Federal, já que foram cometidas em vias urbanas. A outra, pelo Departamento de Estradas de Rodagem, o DER, pois a infração foi em uma rodovia. Poderia aqui, pra começo de conversa, questionar por que dois departamentos para cuidar exatamente da mesma [...]

al-akhbar.com

al-akhbar.com

Tenho três multas de trânsito para pagar.

Duas foram aplicadas pelo Detran do Distrito Federal, já que foram cometidas em vias urbanas.

A outra, pelo Departamento de Estradas de Rodagem, o DER, pois a infração foi em uma rodovia.

Poderia aqui, pra começo de conversa, questionar por que dois departamentos para cuidar exatamente da mesma coisa ( o trânsito), mas vou direto ao meu problema.

Uma das multas (a do DER) pode ser paga no Banco do Brasil e na Caixa; as outras duas (do Detran), apenas no Banco do Brasil. Como eu não tenho conta no BB, ‘bora ali na agência lotada, que eu não tenho mais nada pra fazer na vida?

Deixo igualmente de lado qualquer suspeita que eu possa ter de favorecimento (entenda-se corrupção) no fato de que um banco público arrecada para um órgão do governo e não arrecada para o outro, sendo que os dois fazem o mesmo trabalho e oneram, em meu caso, o contribuinte pelo mesmo motivo.

Atenho-me apenas à burocracia e pergunto: qual a chance de um país assim dar certo?

Tags:

Gostou, compartilhe:

Comentários (0)

Deixe o seu comentário!