André Giusti - foto: Luana Lleras
voltar para o início do blog

Livros da Minha Vida 5 – Para Gostar de Ler

Certamente essa coleção ajudou a formar, nos bancos de escola, uma geração de leitores entre os anos 70 e 80. Pelo que me lembro, foram seis ou sete volumes. Os primeiros reuniram crônicas de Drummond, Fernando Sabino, Paulo Mendes Campos e Rubem Braga. E até onde minha vida de estudante permitiu acompanhar, lembro-me também das [...]

Para gostar de ler

Certamente essa coleção ajudou a formar, nos bancos de escola, uma geração de leitores entre os anos 70 e 80.

Pelo que me lembro, foram seis ou sete volumes. Os primeiros reuniram crônicas de Drummond, Fernando Sabino, Paulo Mendes Campos e Rubem Braga. E até onde minha vida de estudante permitiu acompanhar, lembro-me também das capas com Cecília Meireles, Henriqueta Lisboa e Mário Quintana.

Foi uma estratégia editorial bem inteligente da Ática, selo tão vivo na memória estudantil de 30, 40 anos atrás. Com sua linguagem coloquial e seus temas do quotidiano, a crônica é uma excelente porta de entrada para a leitura. No meu caso, em particular, o gênero foi além, tornando-se um dos plantadores da sementinha do jornalismo.

E digo mais: por meio da crônica – e das crônicas publicadas na série Para Gostar de Ler – descobri três dos escritores que mais marcaram minha vida, tanto de leitor quanto de autor.

Mas isso é assunto pra depois.

Para Gostar de ler 2

Gostou, compartilhe:

Comentário (1)

  1. Marcondes -

    Muito bacana essa série! Por conta de obrigações estudantis li um volume dessa série sobre contos universais (estão lá Voltaire, Kafka e outros cobras). Posteriormente adquirir num sebo e li com calma, sem a obrigação de outrora! Show de bola!

Deixe o seu comentário!