André Giusti - foto: Luana Lleras
voltar para o início do blog

O Alerta Necessário de The Square

Se há um filme em cartaz que trata de questões contemporâneas, este filme é certamente The Square – A Arte da Discórdia, candidato sueco ao Oscar de melhor filme estrangeiro. E ele não se limita a apenas uma questão, como outros que escolheram falar sobre racismo, homofobia, pedofilia, etc. The Square abre o leque das [...]

Se há um filme em cartaz que trata de questões contemporâneas, este filme é certamente The Square – A Arte da Discórdia, candidato sueco ao Oscar de melhor filme estrangeiro.

E ele não se limita a apenas uma questão, como outros que escolheram falar sobre racismo, homofobia, pedofilia, etc.

The Square abre o leque das mazelas de uma Europa egoísta, que não reconhece nos seus problemas atuais o fruto de suas ações predatórias ao longo dos séculos.

AdoroCinema

AdoroCinema

Partindo do mundo egocêntrico das galerias de arte, The Square começa falando da desconexão desse universo com o sentimento e entendimento do homem comum, que deveria perceber na arte uma forma de compreensão e mudança de sua existência e do próprio mundo.

Mas isso não acontece por causa da pretensa genialidade de artistas que a gente não entende porque e como se consagram, que produzem para uma camada de dez ou doze tão egocêntricos e desconectados feito eles.

Mas The Square fala também sobre liberdade de expressão, sobre quem defende liberdade de expressão a qualquer preço. Até que se vê agredido, ofendido e até ameaçado por essa liberdade de expressão.

Fala sobre racismo e xenofobia, praticados também por quem é vítima dessas duas abomináveis condutas.

Fala sobre a superficialidade das relações, sobre nossa desatenção cada vez maior com o outro, seja no trabalho, na rua, seja na cama.

Fala sobre as oportunidades que perdemos diariamente de pedirmos perdão pelos seres egoístas que somos. Oportunidades que nem sempre voltam.

Fala até (sobrou pra imprensa, claro) da falta de consistência com que são produzidos conteúdos que recebemos diariamente e que deveriam nos orientar na hora de pensar, escolher, decidir.

The Square é um filme necessário de ser visto, no mínimo para nos chamar a atenção sobre como estamos conduzindo nossas vidas e pilotando esse planeta.

Não assisti aos outros candidatos ao Oscar de filme estrangeiro, mas pela mensagem que traz, The Square já é meu favorito.

Tags:

Gostou, compartilhe:

Comentários (0)

Deixe o seu comentário!