André Giusti - foto: Luana Lleras
voltar para o início do blog

Para arrumar a casa

Para arrumar a casa, comece por aquelas certezas que você possuía. Coloque uma em cima da outra e desça com a pilha. Deixe-as na calçada para o lixeiro levar se ninguém quiser, pois pra você elas não servem mais. Não arrume outras para pôr no lugar. Nos dias de hoje é material que perde a [...]

Para arrumar a casa, comece por aquelas certezas que você possuía. Coloque uma em cima da outra e desça com a pilha. Deixe-as na calçada para o lixeiro levar se ninguém quiser, pois pra você elas não servem mais. Não arrume outras para pôr no lugar. Nos dias de hoje é material que perde a validade rapidamente.

Despreze os métodos que te ensinaram de auto conhecimento. Há rios de dinheiro transbordando enquanto tua cabeça te deixa na dúvida se você é você mesmo.

Para arrumar a casa, toque fogo no livro das religiões. O maior talento delas é exigir que você seja o que você não é. Além dos mais, são feitas por homens, e homens agem ao contrário do que pregam.

Para deixar a casa em ordem, mantenha apenas os livros de Machado e Kerouac, e não se desfaça dos discos do Creedence nem dos velhos albuns de blues, pois só eles te levam ao teu verdadeiro lugar.

Tags:

Gostou, compartilhe:

Comentários (2)

  1. raquel -

    muito bom mesmo, como sempre!

  2. Hugo Giusti -

    Do Creedence… nem pensar!

Deixe o seu comentário!