André Giusti - foto: Luana Lleras
voltar para o início do blog

Poesia feito música

Já comparei poesia com gêneros musicais algumas vezes, e vou fazê-lo novamente. Desta vez por causa dos livros de José Carlos Vieira e Carla Andrade. Os textos de José Carlos reunidos em Poemas de Paixões e Coisas Parecidas, lançado esta semana pela Geração, parecem blues de Chicago. Quem manja John Lee Hooker dos primórdios entende [...]

Já comparei poesia com gêneros musicais algumas vezes, e vou fazê-lo novamente.

Desta vez por causa dos livros de José Carlos Vieira e Carla Andrade.

Os textos de José Carlos reunidos em Poemas de Paixões e Coisas Parecidas, lançado esta semana pela Geração, parecem blues de Chicago. Quem manja John Lee Hooker dos primórdios entende o meu recado.

livro do Zé

Já em Artesanato de Perguntas, que aliás saiu do forno no mesmo dia que o livro do Zé, Carla Andrade parece que faz, com palavras, uma espécie de música instrumental escrita, tipo Marco Antônio Araújo, mineiro que nem ela. Não entendeu? Então, leia.

Aliás, leia os dois.

Ou melhor, ouça-os.

Valem a pena.

livro carla

Tags:

Gostou, compartilhe:

Comentários (4)

  1. Deusdédit R Morais -

    Prezado andré Giusti,

    Tomei a liberdade de copiar parte do texto “Poesia Feito Música” para publicar em meu blog -com a devida origem identificada, é claro! Espero que isto não o contrarie. Mas se for o caso não me incomodarei de retirar se assim você o desejar.

    Saudações fraternas,

    Deusdédit R Morais

  2. André Giusti Autor do post -

    Queimando a goela, companheiro! rs.

  3. Carla Andrade -

    Que bom que a poesia desperta todas essas sensações sinestésicas. Bora escutar versos!!!!

  4. José Carlos Vieira -

    um trago de jack daniels, giusti!!

Deixe o seu comentário!