André Giusti - foto: Luana Lleras
voltar para o início do blog

Tomara que nunca volte

Caro dono do pássaro amarelo chamado calopsita, que eu nem sabia que era uma espécie de pássaro. É com imensa alegria que digo que ele foi para o lugar aonde ele está sendo o que deveria ser desde que nasceu: livre. Torço muito, mas muito mesmo, que nem você nem qualquer outro criador ponha as [...]

Giustipress

Giustipress

Caro dono do pássaro amarelo chamado calopsita, que eu nem sabia que era uma espécie de pássaro.

É com imensa alegria que digo que ele foi para o lugar aonde ele está sendo o que deveria ser desde que nasceu: livre.

Torço muito, mas muito mesmo, que nem você nem qualquer outro criador ponha as mãos nele novamente.

É claro que vão dizer que pássaro de gaiola morre quando foge ou é solto.

Eu nunca vi prova dessa teoria, propalada geralmente por quem coleciona gaiolas ocupadas.

Além do mais, em cativeiro ele também morreria mais dia menos dia, mas preso e triste, com a casa toda achando que o canto dele é de alegria e não de desespero.

Tags:

Gostou, compartilhe:

Comentários (0)

Deixe o seu comentário!