André Giusti - foto: Luana Lleras
voltar para o início do blog

junho, 2012

26 jun 2012 |

Aborto: lei ou consciência?

Vários grupos religiosos estão neste momento fazendo uma passeata na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, contra a legalização do aborto. Interromper uma gravidez talvez seja assunto muito mais passível de ser regido pela consciência do que pela lei. Quem é contra o aborto continuará sendo, seja ele descriminalizado ou não, e não o fará – [...]

26 jun 2012 |

Direito à greve e ao respeito

A greve dos servidores públicos federais de alguns ministérios confirma o talento do sindicalismo brasileiro para angariar a antipatia da sociedade. A greve não conta com adesão de todo e qualquer servidor público, muito menos dos chamados funcionários terceirizados dos ministérios, que não possuem a benemerência da estabilidade. Como não conseguem convencer com argumentos quem [...]

14 jun 2012 |

Transgredir é verbo jovem

Existem vários papéis que os jovens podem e devem desempenhar. Um dos mais interessantes é o de transgredir, porque está exatamente de acordo com a juventude mandar às favas regras e conceitos, padrões e condutas estabelecidas que ninguém sabe exatamente porque, quando e, muito menos, para quê. Há jovens bem afetos à transgressão. Outros, no [...]

11 jun 2012 |

Ensinem seus filhos pequenos a não bater em mulher

O combate à violência contra a mulher é responsabilidade de todos. Não é só do Estado, com a Polícia e os tribunais. Pode começar em casa, na educação dos filhos. Quem tem filha mulher, pode e deve ensiná-la que, pra começo de conversa, nenhum homem, em qualquer tipo de relação, tem o direito de levantar [...]

05 jun 2012 |

A estratégia torta das manifestações

A Esplanada dos Ministérios, em Brasília, é separada por um imenso gramado, tanto na largura quanto na extensão. Quem não conhece, basta imaginar vários campos de futebol um ao lado do outro. E vazios, sem nada, por que pelo costume da cidade esses enormes espaços desertos são feitos para que as pessoas os contemplem, e [...]

01 jun 2012 |

Eu apóio as vadias

O nome é o que menos importa em toda essa história da Marcha das Vadias. Homens, e também mulheres, poderiam dar mais atenção às plataformas do movimento e perderem menos tempo discutindo e, quase que invariavelmente, condenando o nome da marcha e as atitudes que algumas de suas integrantes tomam durante as manifestações. No caso [...]